CONCRETO PERMEÁVEL DE CIMENTO PORTLAND: PERMEABILIDADE E RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO

Autores

  • Rafael Staparo Vale Universidade Paulista
  • Jorge Herculano de Oliveira Universidade Paulista
  • Leonardo Moraes Armesto Universidade Brasil
  • Ramoel Serafini Universidade de Caxias do Sul

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.5054

Palavras-chave:

Drenagem Urbana. Concreto Permeável. Pavimento permeável. Permeabilidade. Resistência à compressão.

Resumo

O concreto permeável de cimento Portland (CPCP) é um material cimentício capaz de trazer benefícios em termos de drenagem urbana devido à sua maior permeabilidade. O uso do CPCP pode mitigar os danos à propriedade privada, reduzir o risco de doenças e até mesmo evitar vítimas relacionadas a enchentes urbanas. Do ponto de vista ambiental, o uso do CPCP reduz o escoamento de água da chuva, o que permite filtrar a poluição causada por óleos, fluidos de automóveis e outras substâncias encontradas na pavimentação urbana. Os aspectos mencionados fazem do CPCP uma solução alternativa para abordar as questões relacionadas à drenagem urbana de forma ambientalmente e economicamente adequadas. Nesse contexto, este trabalho apresenta as vantagens e desvantagens do CPCP, bem como uma campanha experimental voltada para avaliação da permeabilidade e resistência à compressão do material. Os resultados mostram que o CPCP é uma alternativa adequada para o gerenciamento da drenagem urbana, embora o aumento da permeabilidade resulte em um material cimentício com propriedades mecânicas reduzidas. O uso do CPCP pode minimizar os problemas ambientais decorrentes da impermeabilidade do solo causada pelos métodos convencionais de pavimentação, o que facilita o acesso da água aos aquíferos. Portanto, os resultados mostram a possibilidade de empregar o CPCP como solução para a drenagem urbana pelo aumento da permeabilidade do pavimento.

Biografia do Autor

Rafael Staparo Vale, Universidade Paulista

Engenheiro civil pela Universidade Paulista. Orcid:  https://orcid.org/0000-0003-3950-1737

Jorge Herculano de Oliveira, Universidade Paulista

Engenheiro civil pela Universidade Paulista. Orcid:  https://orcid.org/0000-0002-4373-5045

Leonardo Moraes Armesto, Universidade Brasil

Mestre em bioengenharia pela UNIESP – Universidade Brasil. Orcid:  https://orcid.org/0000-0003-1836-6871

Ramoel Serafini, Universidade de Caxias do Sul

Universidade de Caxias do Sul – UCS, Departamento de Ciências Exatas e Tecnologia. Orcid: https://orcid.org/ 0000-0002-7698-649X.

 

Downloads

Publicado

30/04/2022

Como Citar

Vale, R. S. ., Oliveira, J. H. de ., Armesto, L. M. ., & Serafini, R. . (2022). CONCRETO PERMEÁVEL DE CIMENTO PORTLAND: PERMEABILIDADE E RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 8(4), 289–306. https://doi.org/10.51891/rease.v8i4.5054