BARREIRAS QUE AFETAM OS FRIGORÍFICOS EXPORTADORES DE CARNE BOVINA BRASILEIRA

Autores

  • Zahra Kaebi Universidade Presbiteriana Mackenzie

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i12.3490

Palavras-chave:

Slaughterhouse. Export. Beef meat. Barriers.

Resumo

O objetivo geral desta pesquisa foi identificar e analisar quais são os diversos tipos de barreiras enfrentadas pelos frigoríficos brasileiros exportadores de carne bovina, sejam elas internas à empresa, externas à empresa mas ainda no Brasil, quanto às barreiras impostas pelos países importadores. Para o alcance de tal objetivo foi adotada estratégia de pesquisa exploratória com abordagem qualitativa. Com tal estudo, a conclusão atingida pela pesquisa foi de que as principais barreiras enfrentadas pelos frigoríficos brasileiros exportadores de carne bovina e que a literatura ainda não contempla, são consequência de questões políticas, como por exeplo exigências impostas de maneira velada por países terceiros e não propriamente o país importador; além dos órgãos governamentais brasileiros.

Biografia do Autor

Zahra Kaebi, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Bacharel em Administração com Ênfase em Comércio Exterior e Mestranda em Administração, ambos pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Diretora financeira da empresa West Food General. E-mail: z.kaebi22@gmail.com.

Downloads

Publicado

30/12/2021

Como Citar

Kaebi, Z. (2021). BARREIRAS QUE AFETAM OS FRIGORÍFICOS EXPORTADORES DE CARNE BOVINA BRASILEIRA . Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(12), 674–698. https://doi.org/10.51891/rease.v7i12.3490