IMPACTOS DIRETOS E INDIRETOS NO DESMAME PRECOCE

Autores

  • Carolina Mangia Dutra Silva Universidade de Mogi das Cruzes
  • Denise Mary Costa de Oliveira Universidade de Mogi das Cruzes

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.3040

Palavras-chave:

Desmame. Precoce. Amamentação. Impactos. Aleitamento materno.

Resumo

Esse trabalho tem por objetivo avaliar quais os impactos diretos e indiretos do desmame precoce, principalmente pelo alto índice de interrupção da amamentação. A amamentação é o primeiro contato do recém-nascido com a mãe, e de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é a principal fonte de nutrientes e um dos principais fatores da promoção de saúde, e recomenda-se que seja a alimentação exclusiva até os seis meses de idade, evitando milhares de mortes anualmente por todo o mundo. Segundo dados de especialistas e autores que estudam as áreas da saúde e social, muitos fatores, principalmente os sociais e econômicos, fazem o índice de amamentação diminuir, causando problemas de saúde pública. Porém, podemos ressaltar um outro lado pouco observado e falado que é o desmame precoce pela participação da mulher na sociedade capitalista, juntamente com a falta de conhecimento sobre o benefício do aleitamento. Através dessas informações, juntamente com as consequências a longo prazo, como diminuição da qualidade de vida das famílias, causadas pelo desmame e com as informações fornecidas pelos especialistas da área, podemos conferir os impactos diretos e diretos causados pelo desmame precoce.

Biografia do Autor

Carolina Mangia Dutra Silva, Universidade de Mogi das Cruzes

Graduanda em Enfermagem – Universidade de Mogi das Cruzes – Campus Mogi das Cruzes. E-mail: carolina_mangia@hotmail.com.

Denise Mary Costa de Oliveira, Universidade de Mogi das Cruzes

Mestre em Ciências e Tecnologia em Saúde – Universidade de Mogi das Cruzes – Campus Mogi das Cruzes. E-mail: denisemarycostanurse@gmail.com.

Downloads

Publicado

24/11/2021

Como Citar

Silva, C. M. D. ., & Oliveira, D. M. C. de . (2021). IMPACTOS DIRETOS E INDIRETOS NO DESMAME PRECOCE. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 3282–3295. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.3040