MANEJO ODONTOLÓGICO NA TERAPIA DO BRUXISMO

Autores

  • Deisiany Rupolo da Cunha Unifasipe
  • Germana Vieira Sousa Universidade de Itaúna

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.3025

Palavras-chave:

Bruxismo. Manejo da Dor. Terapêutica.

Resumo

O bruxismo é caracterizado pelo movimento involuntária de apertar ou ranger os dentes, sendo classificado em bruxismo do sono (ranger) e bruxismo diurno (apertar), este último sendo frequente em momentos de tensão ou estresse.  Os episódios do bruxismo podem acarretar danos na articulação temporomandibular, desgastes dentários entre outros. No entanto, essas sequelas podem ser tratadas e até evitadas quando o diagnóstico é feito na fase inicial. Não existe um protocolo único para o tratamento do bruxismo; desta forma, os diferentes meios terapêuticos, devem ser diferenciadas para cada paciente. Por meio de diagnóstico do paciente, pode-se direcionar o manejo mais eficaz, no entanto, mais pesquisas devem ser realizadas para comprovação da eficácia dos mesmos.  Este trabalho compõe-se de um estudo de revisão de literatura com consulta aos bancos de dados online do qual, foram incluídos 31 artigos com publicações de 1990 a 2021 com o objetivo de apresentar as principais formas terapêuticas de manejo odontológico do bruxismo.

Biografia do Autor

Deisiany Rupolo da Cunha, Unifasipe

Graduando em Odontologia, Unifasipe Centro Universitário, Mato Grosso, deisilider@hotmail.com.

Germana Vieira Sousa, Universidade de Itaúna

Professora orientadora. Mestre em DTM e Dor Orofacial, Professora do Estágio em Odontopediatria da UNIFASIPE Centro Universitário, Mato Grosso. E-mail: germanavs@yahoo.com.br

Downloads

Publicado

23/11/2021

Como Citar

Cunha, D. R. da ., & Sousa, G. V. . (2021). MANEJO ODONTOLÓGICO NA TERAPIA DO BRUXISMO . Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 3144–3166. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.3025