CONTRIBUIÇÃO DA PANDEMIA DE COVID-19 PARA O AUMENTO DOS CASOS DE SÍNDROME DE BURNOUT EM PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM

Autores

  • Natália Duarte Marcos UniRedentor
  • Tiago Pacheco Brandão Ribeiro UniRedentor

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2974

Palavras-chave:

Enfermagem. Síndrome de Burnout. Pandemia. COVID-19. Saúde mental.

Resumo

O presente estudo surge a partir da necessidade de investigar a saúde mental dos profissionais de enfermagem diante o enfrentamento da COVID-19, objetivando caracterizar o esgotamento profissional e identificar as características envolvidas no trabalho da enfermagem na linha de frente do combate à pandemia que possam influenciar na ocorrência da Síndrome de Burnout. A presente pesquisa constata que sintomas de depressão, ansiedade e estresse têm sido frequentes entre esses trabalhadores, logo, promover a saúde dos profissionais é um assunto de extrema relevância, uma vez que estes indivíduos precisam estar bem para serem capazes de prestar um serviço de qualidade à população. É necessário implementar medidas de intervenção psicológica, tais como:  reorganização da jornada de trabalho (permitindo tempo para descanso); valorização e reconhecimento pelo serviço prestado; melhora na remuneração; fornecimento adequado de EPIs e auxílio psicológico para promover o bem-estar mental e uma melhor qualidade de vida aos profissionais de saúde expostos durante a pandemia. Conclui-se que é de suma importância explorar as possíveis formas de se evitar o Burnout, uma vez que o enfermeiro é um profissional de fundamental importância para o combate ao novo coronavírus.

Biografia do Autor

Natália Duarte Marcos, UniRedentor

Graduanda de Enfermagem pela UniRedentor. E-mail: nataliaduartem10@gmail.com

Tiago Pacheco Brandão Ribeiro, UniRedentor

Docente de Enfermagem da UniRedentor. E-mail: tiagopacheco2000@yahoo.com.br

Downloads

Publicado

19/11/2021

Como Citar

Marcos, N. D. ., & Ribeiro, T. P. B. . (2021). CONTRIBUIÇÃO DA PANDEMIA DE COVID-19 PARA O AUMENTO DOS CASOS DE SÍNDROME DE BURNOUT EM PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 2912–2924. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2974