A IMPORTÂNCIA DAS CIRURGIAS PARA CORREÇÃO DE FISSURA LABIOPALATINAS

Autores

  • Simone Ferreira Winter Unifasipe
  • Márcio Soldatelli Studzinski UniCesumar - Maringá

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2780

Palavras-chave:

Fissura Labial. Cirurgia Odontológica. Fissura Palatina.

Resumo

As fissuras labiopalatinas são malformações congênitas que atingem o lábio, o palato ou ambos. Apresenta uma etiologia variada, podendo envolver fatores genéticos e ambientais. Este estudo buscou, através de uma revisão bibliográfica, demonstrar para sociedade qual importância da cirurgia de correção de fissuras labiopalatinas para aumentar a qualidade de vida e bem estar do paciente, quebrando os preconceitos dos pais quanto a cirurgia. Foram consultados trabalhos encontrados nas bases de dados online Google Acadêmico, Biblioteca virtual de Saúde e catálogo de teses e dissertações. Para a busca foi utilizado os descritores em saúde “Fenda Labial”, “Fissura Palatina”, “Cirurgias corretivas”, “Tratamento”, foram utilizados na pesquisa têm data de publicação no período de 2015 a 2021, e engloba trabalhos na língua portuguesa. A classificação mais utilizada no Brasil é a de Spina, que divide as fissuras em 4 grupos, sendo eles fissura pré-forame incisivo, transforame incisivo, pós-forame incisivo e fissuras raras da face. O tratamento cirúrgico das fissuras busca devolver anatomia, função e estética, devendo ser iniciado o quanto antes devido aos problemas que pode acarretar na fala, audição e cognição. O Cirurgião-Dentista participa da reabilitação que acontece desde o nascimento até o final do crescimento do paciente com fissuras labiopalatinas. A primeira cirurgia realizada é a corretiva de lábio, também chamada de queiloplastia, é realizada até o 3º mês de vida e a do palato, palatoplastia, entre os 9 a 12 meses, o que pode alterar de acordo com o centro especializado de reabilitação. Além das demais cirurgias para correção de outras alterações como as cirurgias nasais, funcionais ou estéticas que são realizadas na faixa etária que varia entre os 16 e 18 anos de idade. Conclui-se então que as cirurgias de correção das fissuras labiopalatinas são de extrema importância para melhora da qualidade de vida do paciente e de sua família de maneira geral.

Biografia do Autor

Simone Ferreira Winter, Unifasipe

Graduação: Odontologia  pela Faculdade: Unifasipe. E-mail:simonewinter2017@outlook.com.

Márcio Soldatelli Studzinski, UniCesumar - Maringá

Graduado em Odontologia - Univerdade de Passo Fundo. Especialista em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial - Hospital São Vicente de Paula - Passo Fundo RS. Mestre em Promoção da Saúde - UniCesumar - Maringá

Downloads

Publicado

05/11/2021

Como Citar

Winter, S. F. ., & Studzinski, M. S. . (2021). A IMPORTÂNCIA DAS CIRURGIAS PARA CORREÇÃO DE FISSURA LABIOPALATINAS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 2186–2213. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2780