O AUMENTO DO CONSUMO DE ÁLCOOL E DE BENZODIAZEPÍNICO: ALPRAZOLAM NO PERÍODO DA PANDEMIA DO COVID-19

Autores

  • Letícia Ferreira Brito Universidade Iguaçu
  • Thiago Pereira de Abreu Universidade Iguaçu

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2698

Palavras-chave:

Pandemia. Benzodiazepínicos. Alprazolam. Depressão. Ansiedade.

Resumo

O artigo apresenta um levantamento feito sobre os efeitos que o isolamento social da pandemia do COVID-19 trouxe com o decorrer do tempo. Os dados coletados foram com base em artigos científicos e em pesquisa de campo em uma drogaria onde a venda do benzodiazepínico Alprazolam teve um alto crescimento em sua venda comparado ao ano anterior a pandemia. O isolamento social foi o ponto de partida para que transtornos do humor tomasse conta de muitas pessoas, já que suas rotinas foram mudadas radicalmente de uma forma repentina. Com diversas mudanças o sentimento de medo, angustia, tristeza tomaram conta da grande população levando a um desequilíbrio no humor, como ansiedade, depressão e crise do pânico, levando um aumento no consumo de álcool e ocasionando uma maior procura e uso de ansiolíticos para um melhor bem estar.

Biografia do Autor

Letícia Ferreira Brito, Universidade Iguaçu

Aluna do curso Bacharel em Farmácia da Universidade Iguaçu. E-mail:leticia.b.ferreira@hotmail.com.

Thiago Pereira de Abreu, Universidade Iguaçu

Doutor em Fisiologia pela UFRJ. E- mail: thiagoabreu0704@hotmail.com.

Downloads

Publicado

30/10/2021

Como Citar

Brito, L. F. ., & Abreu, T. P. de . (2021). O AUMENTO DO CONSUMO DE ÁLCOOL E DE BENZODIAZEPÍNICO: ALPRAZOLAM NO PERÍODO DA PANDEMIA DO COVID-19. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 1791–1798. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2698

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)