QUEIMADURA DE VIAS AÉREAS

Autores

  • Rui Lopes Filho Universidade Federal de Minas Gerais
  • Lucas Carvalho Lopes Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2633

Palavras-chave:

Queimaduras. Queimadura de Vias Aéreas. Insuficiência Respiratória. Broncoscopia. Cirurgia Plástica.

Resumo

Introdução: As queimaduras em ambientes fechados relacionam-se com as lesões inalatórias e queimaduras de vias aéreas. A gravidade e prognóstico do paciente vítima de queimaduras dependerá do comprometimento das vias aéreas, da extensão das áreas atingidas, assim como da profundidade e da localização das lesões. Objetivo: Analisar os aspectos importantes no atendimento inicial dos pacientes vítimas de queimaduras de vias aéreas. Método: Realizou-se avaliação criteriosa da literatura incluindo estudos científicos em base de dados Pubmed, Scielo e Lilacs, e capítulos de livros consagrados na literatura. Foram utilizadas como palavras-chave: Queimaduras (Burns), Queimadura de Vias Aéreas (Airway Burns), Insuficiência Respiratória (Respiratory Insufficiency), Broncoscopia (Bronchoscopy), Cirurgia Plástica (Surgery, Plastic). Resultado: A história clínica e o exame físico foram prioritários na avaliação inicial do paciente com suspeita de queimaduras de vias aéreas. A lesão inalatória foi sugerida diante da história de acidente em ambiente fechado. A broncoscopia foi o exame de preferência para confirmar o diagnóstico e definir a extensão das queimaduras das vias aéreas. Conclusão: O estudo realizado permitiu inferir que a história de queimaduras em ambiente fechado e sinais de lesão inalatória são indicativos de queimaduras das vias aéreas, sendo a broncoscopia o exame de preferência para a confirmação do diagnóstico; na presença de insuficiência respiratória aguda, a intubação orotraqueal ou a traqueostomia, com indicações específicas, são preconizadas.

Biografia do Autor

Rui Lopes Filho, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutor e Mestre em Cirurgia pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Graduado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais (UFMG). Cirurgião Plástico Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela SBCP e Ministério da Educação e Cultura/UFMG. Professor Docente da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais no período de 2006-2009. Médico Legista Nível Especial Polícia Civil de Minas Gerais. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1627-9371. E-mail: ruilopesfilho@terra.com.br.

Lucas Carvalho Lopes, Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais

Aluno da Graduação em Medicina da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais. Cursos realizados: Suporte Básico de Vida Infomedics Human Biology Explained. Atualizações em Suporte Ventilatório Faculdade Inspirar. Novas Plataformas Robóticas Unicetrex Cursos Médicos. Robô da Vinci SP - Experiências e Resultados de um Centro de Referência Unicetrex Cursos Médicos. Neuroimagem CTDI. Anatomia e Patologia dos MMSS por Imagem CTDI. Anatomia e Patologia do Abdome por Imagem CTDI. ORCID: https://orcid.otg/0000-0002-0445-1330. E-mail: carvalholopesl@gmail.com.

Downloads

Publicado

30/10/2021

Como Citar

Lopes Filho, R. ., & Lopes, L. C. . (2021). QUEIMADURA DE VIAS AÉREAS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 950–957. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2633