O IMPACTO DA QUALIDADE DE VIDA NA SAÚDE MENTAL DO IDOSO

Autores

  • Eliédina da Silva Universidade Santo Amaro
  • Elenice dos Santos Universidade Santo Amaro
  • Silvia Helena Modenesi Pucci Universidade do Minho

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2588

Palavras-chave:

Idoso. Velhice. Envelhecimento. Qualidade de vida e saúde mental.

Resumo

O envelhecimento é um fenômeno que atinge todas as pessoas ao final da vida adulta, na qual muitas funções corporais começam a declinar gradualmente num processo dinâmico, ligados intimamente a fatores biológicos, psíquicos e sociais. O presente estudo teve como objetivo identificar os aspectos associados a qualidade de vida do Idoso, que podem impactar em sua saúde mental. A metodologia do presente trabalho foi uma revisão bibliográfica nacional, que contemplou artigos científicos publicados e indexados entre os anos 2015 a 2020, utilizando os descritores: “idoso, velho, velhice, envelhecimento, qualidade de vida e saúde mental”. A pesquisa foi realizada nos Bancos de Dados Lilacs, Scielo, Medline e Pepsic. Foram selecionados 30 artigos utilizando os fatores de inclusão/exclusão que foram sintetizados em um único quadro, enfatizando os fatores que impactam na qualidade de vida e saúde mental do idoso. Os resultados indicaram que a qualidade de vida é um fator essencial, para um envelhecimento “saudável” e que são multifatoriais as variáveis que podem impactar a saúde mental do idoso. Concluiu-se que fatores biológicos, psicológicos, sociais, espirituais e financeiros são fatores determinantes na saúde mental do idoso.

Biografia do Autor

Eliédina da Silva, Universidade Santo Amaro

Graduada em Psicologia pela Universidade Santo Amaro/UNISA-Brasil. Estágios realizados nas áreas de Psicologia clínica, Hospitalar, Escolar e Organizacional. Cursos complementares de cuidador de idosos realizado pela plataforma Escolar Web UNOVA cursos (UNOVA) e, Programação Neurolinguística. E-mail: eliedinasilva25@gmail.com.

Elenice dos Santos, Universidade Santo Amaro

Graduada em Psicologia pela Universidade Santo Amaro/UNISA-Brasil. Atualmente pós graduanda em Psicologia Hospitalar pelo Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, e pós graduanda em Psiquiatria e Saúde Mental, pelo CBI of Miami Child Behavior Institute. Atuante como psicóloga clínica, atendimento a pessoas de público-alvo: crianças, adolescentes, adultos e idosos. E-mail: psicologaelenicesantos@gmail.com

Silvia Helena Modenesi Pucci , Universidade do Minho

Doutora em Psicologia da Saúde pela Universidade do Minho, UMINHO - Portugal (com revalidação pela Universidade de Campinas / UNICAMP, setor Medicina - Brasil). Pesquisadora Membro do Grupo de Estudos de Jovens Investigadores da Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade (SPEO). Pesquisadora Colaboradora no Grupo de Pesquisa da Universidade do Minho / Portugal: Processos Psicológicos Individuais e Familiares em Saúde e Doença. Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Psiquiatria e Psicologia Médica - UNIFESP. Especialista em Psico-Oncologia pelo Hospital do Câncer/ SP, Especialista em Dependência Química (Universidade Federal de São Paulo/UNIFESP) e, Especialista em Promoção e Prevenção à Saúde em Álcool, Tabaco e Outras Drogas (UNIFESP).  Coordenadora e Docente de Psicologia na Universidade Santo Amaro / UNISA - Brasil, em diversas disciplinas, bem como Supervisora hospitalar, Membro do NDE e atendimento junto alunos da Medicina - PAPU. Membro do Comitê de Ética e Orientadora de trabalhos científicos. Revisora de artigos Nacionais e Internacionais. E-mail: shmodenesi@prof.unisa.br. CV: http://lattes.cnpq.br/0913875901013757. https://orcid.org/0000-0003-2258-007X.

Downloads

Publicado

30/10/2021

Como Citar

Silva, E. da ., Santos, E. dos ., & Pucci , S. H. M. . (2021). O IMPACTO DA QUALIDADE DE VIDA NA SAÚDE MENTAL DO IDOSO . Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 481–511. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2588