EXPERIÊNCIA DE IMPLANTAÇÃO DO CADERNO DE LABORATÓRIO ELETRÔNICO EM UM GRUPO DE PESQUISA DE UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE SAÚDE: VIABILIDADE E IMPACTOS

Autores

  • Ivanete Milagres Presot Fiocruz Minas
  • Felipe Miguel Nery Lunkes Fiocruz Minas
  • Márcia de Oliveira Siqueira Fiocruz Minas
  • Renato Guimarães Delfino Fiocruz Minas
  • Gabriel da Rocha Fernandes Fiocruz Minas

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2552

Palavras-chave:

Caderno de Laboratório Eletrônico. Laboratórios de Pesquisa. Gestão da qualidade.

Resumo

O artigo teve como objetivo descrever e analisar o piloto de implantação do caderno de laboratório eletrônico em um laboratório de pesquisa de uma instituição pública de saúde considerando a viabilidade e os impactos dessa iniciativa. Tratou-se de um estudo de caso descritivo. Utilizou-se como referência para realização do projeto piloto, o Manual Práticas de Qualidade na Pesquisa Biomédica Básica, requisitos de integridade de dados baseado nos princípios ALCOA, ou seja, que os dados sejam, acurados, legíveis, contemporâneos, originais e atribuíveis, além de completos, consistentes, duradouros e disponíveis. Além dos requisitos citados, foram consideradas para a seleção do Caderno de Laboratório Eletrônico, as características mais relevantes para a instituição. Este trabalho possibilitou ao laboratório manter o atendimento aos requisitos das normas de Sistema de Gestão da Qualidade implementadas no laboratório, mas principalmente com maior efetividade, ao possibilitar a substituição do caderno de laboratório físico pelo eletrônico. Foi escolhido o que melhor atendia as necessidades institucionais, software open source, que permitia armazenamento dos dados na rede institucional, apresentava flexibilidade, facilidade de pesquisa, colaboração, segurança e flexibilidade. Os pesquisadores, técnicos e estudantes do grupo piloto consideraram que o impacto do uso do Caderno de Laboratório Eletrônico é muito positivo para a instituição, tanto para facilitar o registro das informações dos projetos, quanto o compartilhamento de informação e o acompanhamento pelos orientadores, além da maior facilidade na elaboração de relatórios, tese, dissertações e artigos.

Biografia do Autor

Ivanete Milagres Presot, Fiocruz Minas

Farmácia-bioquímica/Doutora em Saúde Pública- Fiocruz Minas. http://orcid.org/0000-0002-0986-4134. E-mail: ivanete.presot@fiocruz.br

Felipe Miguel Nery Lunkes, Fiocruz Minas

Ciências Biológicas/Mestrando em Ciências da Saúde-Fiocruz Minas. http://orcid.org/0000-0002-5756-4566.

Márcia de Oliveira Siqueira, Fiocruz Minas

Química. Mestre em Agroquímica-Fiocruz Minas. http://orcid.org/0000-0003-4827-4134.

Renato Guimarães Delfino, Fiocruz Minas

Ciência da Computação. Mestre em Política e Gestão de Ciência. Tecnologia e Inovação em Saúde- Fiocruz Minas.. http://orcid.org/0000-0003-1795-3265.

Gabriel da Rocha Fernandes, Fiocruz Minas

Ciências Biológicas/Doutor em Bioinformática. http://orcid.org/0000-0002-4897-8521.

Downloads

Publicado

30/10/2021

Como Citar

Presot, I. M. ., Lunkes, F. M. N. ., Siqueira, M. de O. ., Delfino, R. G. ., & Fernandes, G. da R. . (2021). EXPERIÊNCIA DE IMPLANTAÇÃO DO CADERNO DE LABORATÓRIO ELETRÔNICO EM UM GRUPO DE PESQUISA DE UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE SAÚDE: VIABILIDADE E IMPACTOS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 153–167. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2552