ATENÇÃO FARMACÊUTICA NAS INTOXICAÇÕES MEDICAMENTOSAS

Autores

  • Danniele do Espírito Santo Dantas Universidade Iguaçu
  • Leonardo Guimarães de Andrade Universidad Autônoma de Asuncíon
  • Sebastian Rinaldi Neto Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2383

Palavras-chave:

Atenção farmacêutica. Uso racional de medicamentos. Intoxicação medicamentosa. Automedicação.

Resumo

O uso de medicamentos pode ser considerado a principal causa das intoxicações relatadas no Brasil, sendo também uma importante causa de morbimortalidade em todo o mundo e o principal motivo de internação. A gravidade e o impacto são decorrentes de fatores como a dose e o tipo de medicamento a que o indivíduo está exposto. O abuso e o uso irracional de drogas representam um risco significativo para a saúde pública, pois representam cerca de 30% dos casos de intoxicação. Nesse sentido, a prática da automedicação é um agravante do quadro geral de intoxicações no Brasil. Portanto, a promoção do uso racional de medicamentos e o monitoramento do tratamento medicamentoso por meio da assistência farmacêutica constitui uma importante ferramenta para redução de lesões e riscos à saúde do paciente, consequentemente, diminuir os casos de intoxicações. Nesse caso, vale ressaltar que a intoxicação por drogas é um grave problema de saúde pública, a disponibilidade de medicamentos, as práticas de automedicação e a qualidade dos serviços de saúde estão diretamente relacionados a esse problema. Portanto, é necessário adotar medidas preventivas e educacionais para reduzir as ocorrências de intoxicações e minimizar essas consequências. Nesse sentido, o farmacêutico desempenha um papel importante, reproduzindo funções efetivas em todas as áreas de atividade, colaborando com as práticas educativas e promovendo o uso racional dos medicamentos, garantindo assim o bem-estar das pessoas.

Biografia do Autor

Danniele do Espírito Santo Dantas, Universidade Iguaçu

(Unig - Universidade Iguaçu, Curso de Graduação em Farmácia, Nova Iguaçu-Rj, Brasil).

Leonardo Guimarães de Andrade, Universidad Autônoma de Asuncíon

Mestre em Ciências do Meio Ambiente ( Universidade Veiga de Almeida).. Mestre em Doenças Paraíba ( Universidad Autônoma de Asuncíon).

Sebastian Rinaldi Neto, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestre em Ciências Biológicas (Farmacologia e Química Medicinal) - Universidade Federal do Rio de Janeiro  (UFRJ).

Downloads

Publicado

30/10/2021

Como Citar

Dantas, D. do E. S. ., Andrade, L. G. de ., & Rinaldi Neto, S. . (2021). ATENÇÃO FARMACÊUTICA NAS INTOXICAÇÕES MEDICAMENTOSAS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(10), 179–196. https://doi.org/10.51891/rease.v7i10.2383

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>