A GESTÃO PATRIMONIAL NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: UM ESTUDO DE CASO NO CIEP 293 – WALMIR DE FREITAS MONTEIRO

Autores

  • Renato Alencar de Moraes Universidade Federal Fluminense Administração Pública

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i9.2253

Palavras-chave:

Gestão Patrimonial. Controle. Administração Pública.

Resumo

O intuito deste artigo é estudar o controle patrimonial dos bens na administração pública como um instrumento de Governança Pública. A Gestão Patrimonial voltada à administração pública tem por objetivo principal atender as demandas por materiais permanentes e de consumo com o intuito de viabilizar as diversas atividades desenvolvidas em uma determinada instituição. Como finalidades peculiares procurou-se entender os fundamentos da Administração Pública e delinear as metodologias, tecnologias e os recursos instituídos no controle patrimonial pelo ente Público. Desta forma, para aprofundar o conhecimento acerca do tema Gestão Patrimonial no setor público, esta pesquisa apresenta como objetivo geral analisar os procedimentos referentes à gestão patrimonial adotados pelo CIEP 293 – Walmir de Freitas Monteiro, com vistas ao desfazimento de bens inservíveis à luz do Decreto 9.373/18 e suas atualizações, e propor melhorias no processo em questão. Para tanto, utilizou-se uma pesquisa aplicada, com realização de entrevista com a diretora do Ciep para levantamento das informações.  Os resultados demonstram que o CIEP 293 atende parcialmente ao que determina o Decreto 9.373/18 no que se refere ao tratamento dos bens inservíveis, devendo a mesma adotar medidas corretivas visando o bom andamento das atividades da Gestão Patrimonial da Instituição.

Biografia do Autor

Renato Alencar de Moraes , Universidade Federal Fluminense Administração Pública

Universidade Federal Fluminense Administração Pública –UFF .

Downloads

Publicado

30/09/2021

Como Citar

Moraes , R. A. de . (2021). A GESTÃO PATRIMONIAL NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: UM ESTUDO DE CASO NO CIEP 293 – WALMIR DE FREITAS MONTEIRO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(9), 558–574. https://doi.org/10.51891/rease.v7i9.2253