A EXPERIÊNCIA DA PESQUISA ETNOGRÁFICA NO CONTEXTO DA PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS. OS GRUPOS DE MEMÓRIA E SUA NARRATIVA

Autores

  • Jonatan da Silva Ribeiro Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i8.1953

Palavras-chave:

Pandemia. Movimentos Sociais. Memória

Resumo

A partir do ano de 2019 o mundo presenciou a pandemia do novo coronavírus, que teve como consequência a morte de milhões de pessoas e a um grande isolamento social, afetando de grande maneira a pesquisa de campo e todas as áreas da vida humana. Durante minha pesquisa para elaborar minha dissertação de mestrado tive de fazer entrevistas com pessoas ligadas a movimentos sociais, que lutavam para a desapropriação, tombamento e transformação da Casa da Morte em lugar de memória, a ferramenta mais utilizada, por conta da pandemia, foi as novas mídias e tecnologias, dando um novo sentido a pesquisa.

Biografia do Autor

Jonatan da Silva Ribeiro, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Mestrando em Memória Social pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. E- mail:  jonatan310@gmail.com.

Downloads

Publicado

31/08/2021

Como Citar

Ribeiro, J. da S. . (2021). A EXPERIÊNCIA DA PESQUISA ETNOGRÁFICA NO CONTEXTO DA PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS. OS GRUPOS DE MEMÓRIA E SUA NARRATIVA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(8), 234–253. https://doi.org/10.51891/rease.v7i8.1953