A RELEVÂNCIA DO PSICODIAGNÓSTICO NO TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE: QUAL O PAPEL DA TCC NO CENÁRIO DA CLÍNICA?

Autores

  • Luciana Santos de Moura Instituto Pedagógico Brasileiro - IPB

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i8.1884

Palavras-chave:

Avaliação Psicológica. Psicodiagnóstico. Transtorno de personalidade Borderline. Terapia Cognitiva Comportamental. Psicoterapia.

Resumo

: O objetivo desse trabalho é diferenciar o que é a avaliação psicológica do que é o psicodiagnóstico, para que se possa referir sobre a psicopatologia do transtorno de personalidade borderline, a relevância do psicodiagnóstico e os possíveis elementos de enfrentamento na psicoterapia na clínica, com o intuito de minimizar os impactos negativos e prejuízos na vida do paciente, em seu meio familiar e social. Nesse contexto, é apontado a eficácia do tratamento ao utilizar as técnicas e terapias focada no esquema inscrita na abordagem da TCC, evidenciando a importância do manejo qualificado na clínica. Para discorrer sobre o tema foi necessário revisitar várias teorias que apresentam contribuições para o tema, como o Código de Ética dos Profissionais Psicólogos, entre várias outras fontes com o intuito de compreender e colaborar para o construto desse material. Para isso, a metodologia utilizada no presente artigo foi a pesquisa teórica com o intuito de explorar contribuições teóricas de pesquisadores na área.

Biografia do Autor

Luciana Santos de Moura, Instituto Pedagógico Brasileiro - IPB

Psicóloga pela Universidade do Estado de Minas Gerais. Pós-graduada em Avaliação Psicológica e Psicodiagnóstico pelo IBP. E-mail: luhmourapsi@gmail.com.

Downloads

Publicado

31/08/2021

Como Citar

Moura, L. S. de . (2021). A RELEVÂNCIA DO PSICODIAGNÓSTICO NO TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE: QUAL O PAPEL DA TCC NO CENÁRIO DA CLÍNICA?. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(8), 262–276. https://doi.org/10.51891/rease.v7i8.1884