SENTIMENTOS FAMILIARES EM CUIDADOS PALIATIVOS PEDIÁTRICOS ONCOLÓGICO: UMA REFLEXÃO TEÓRICA À LUZ DE MARTHA ROGERS

Autores

  • Lizandra Lopes Schäfer Faculdade Doctum
  • Gisiane Carvalho da Silva Faculdade Doctum

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v10i6.14244

Palavras-chave:

Enfermagem. Teoria de Enfermagem. Câncer. Pediatria. Cuidados Paliativos.

Resumo

Objetivo: Refletir sobre os sentimentos dos familiares que experienciam crianças com câncer em cuidados paliativos e as contribuições à Enfermagem. Metodologia: estudo de reflexão teórica sobre os sentimentos familiares em cuidados paliativos pediátricos sob a perspectiva da Teoria do Ser Unitário de Martha Rogers. Resultados: Foram incluídos para a reflexão teórica, cinco artigos científicos que foram enquadrados e interpretados através dos elementos teóricos: 1) campos de energia: morte como um sentimento de impotência perante o paciente; 2) abertura: os cuidados paliativos não centrados só no paciente, mas também aos familiares e à equipe de profissionais de saúde envolvidos no tratamento da criança; 3) padrão: experiência de dor, desespero e medos e ansiedade e muita preocupação com o futuro incerto, tendo a enfermagem que contribuir com ações que atendam às dimensões clínicas, afetivas, sociais e emocionais das famílias e 4) pandimensionalidade: apego à fé e à religião para manter a família estruturada. Conclusões: A reflexão sensibilizou os autores acerca dos diversos sentimentos familiares, que envolvem aspectos biopsicoemocionais e sociais, e que quando relacionados com os enfermeiros e a Teoria, foi possível perceber que as energias do ambiente estão amplamente interligadas e faz com que todo o cuidado à criança oncológica seja mais fácil de ser compreendido, quando o ambiente for o mais agradável possível.

Biografia do Autor

Lizandra Lopes Schäfer, Faculdade Doctum

Bacharel em Enfermagem, formada pela Doctum- Serra Espírito Santo, em 2022. 

Gisiane Carvalho da Silva, Faculdade Doctum

Bacharel em Enfermagem, formada pela Doctum- Serra Espírito Santo em 2022. 

Downloads

Publicado

2024-06-10

Como Citar

Schäfer, L. L., & Silva, G. C. da. (2024). SENTIMENTOS FAMILIARES EM CUIDADOS PALIATIVOS PEDIÁTRICOS ONCOLÓGICO: UMA REFLEXÃO TEÓRICA À LUZ DE MARTHA ROGERS. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 10(6), 1508–1520. https://doi.org/10.51891/rease.v10i6.14244

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.