REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DO USO INDISCRIMINADO DOS ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAS (AINES)

Autores

  • Isabelle Novaes Câmera Santos Universidade Salvador.
  • Otoniel Sampaio Escobar Universidade Salvador
  • Juliana Lima Gomes Rodrigues Universidade Salvador

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v7i5.1197

Palavras-chave:

Anti-inflamatórios não esteroidais; Uso incorreto; Automedicação.

Resumo

Um dos fatores que contribui para o uso incorreto dos medicamentos é a falta de conhecimento e orientação adequada. Diante isso, faz-se necessária uma orientação clara sobre os riscos que os medicamentos podem causar, se usados de forma incorreta, no organismo de cada indivíduo. O presente artigo tem como objetivo a orientação sobre o uso correto de medicamentos, da classe dos anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs). A maioria desses medicamentos são comercializados sem prescrição, facilitando assim seu acesso para a população, o que favorece a automedicação e o uso incorreto, podendo trazer graves consequências a curto, médio e longo prazo. Foi realizada uma revisão bibliográfica de diversos artigos científicos atuais sobre o assunto a fim de obter dados relevantes para a comunidade acadêmica, como também para os profissionais de farmácia. Desta forma, foi possível constatar que esta classe medicamentosa é utilizada de forma irracional pela população o que leva a causar desconfortos físicos e até problemas de saúde mais sérios como úlcera gástrica e duodenal, anorexia, etc.     

Biografia do Autor

Isabelle Novaes Câmera Santos, Universidade Salvador.

Discente do curso de Farmácia da Universidade Salvador.

Otoniel Sampaio Escobar, Universidade Salvador

Discente do curso de Farmácia da Universidade Salvador

Juliana Lima Gomes Rodrigues, Universidade Salvador

Docente do curso de Farmácia da Universidade Salvador

Downloads

Publicado

31/05/2021

Como Citar

Santos, I. N. C. ., Escobar, O. S., & Rodrigues, J. L. G. (2021). REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DO USO INDISCRIMINADO DOS ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAS (AINES). Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(5), 330–342. https://doi.org/10.51891/rease.v7i5.1197

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)