IMPLEMENTAÇÃO FARMACOTERAPÊUTICA DO USO DA LIRAGLUTIDA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v9i8.10869

Palavras-chave:

Diabetes Type 2. Diabetes. mellitus. Liraglutide Adverse effects and pharmacotherapeutic follow-up.

Resumo

A DM2 é um tipo de diabetes que ocorre devido a uma produção insuficiente de insulina pelo pâncreas. Dentre a terapia farmacológica para DM2 estão os análogos ao peptídeo semelhante ao glucagon 1 (GLP-1), que pertence à classe de hormônios incretina, cuja atividade exercida é em nível gastrointestinal após a ingestão de alimentos, aumentando a secreção de insulina conforme a quantidade de glicose ali contida. A Liraglutida é um agonista do receptor de GLP-1 e tem como principais reações adversas náuseas e vômitos e corporalmente, age melhorando danos cardiovasculares e os índices de mortalidade em pacientes com DM2 com alto risco de doença cardiovascular. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. Foram encontrados 13 artigos na literatura, que contemplem os critérios de inclusão e exclusão. Foi visto que, a maioria dos pacientes são compostos por criança e adultos até a idade dos 50 anos de idade, com predomínio do sexo feminino e da raça branca. Os efeitos adversos ao uso da liraglutida acometem o sistema gastrointestinal, provocando náuseas, vômitos e distensão abdominal. O acompanhamento farmacoterapêutico e de suma importância, porque ele permiti a promoção de educação em saúde, resolução dos problemas saúde relacionados à adesão farmacoterapêutica. Desta forma, o farmacêutico auxilia os pacientes obesos com uso de antidiabéticos ocorre através das ações de educação em saúde, dispensação ativa, acompanhamento e gestão da farmacoterapia, com propósito de reduzir o uso indevido deste tipo de fármaco como um inibidor do apetite.

Biografia do Autor

Erika Thaiane Couto Canelas, Centro Universitário da Amazônia

Centro Universitário da Amazônia, Brasil, ORCID: https://orcid.org/0000-0002-9216-4007. 

Jorge Luis dos Santos Farias, Centro Universitário da Amazônia

Centro Universitário da Amazônia, Brasil, ORCID: https://orcid.org/0009-0001-0779-8831. 

Maria Eloneida da Silva Dax, Centro Universitário da Amazônia

Centro Universitário da Amazônia, Brasil, ORCID: https://orcid.org/0009-0002-0599-7615. 

Gisely France Abrantes, Centro Universitário da Amazônia

Centro Universitário da Amazônia, Brasil, ORCID: htpps://orcid.org/0009-0000-9730-1261. 

Gleicy Klelly China Quemel, Centro Universitário da Amazônia

Centro Universitário da Amazônia, Brasil, ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1280-560X. 

Juan Gonzalo Bardález Rivera, Centro Universitário da Amazônia

Centro Universitário da Amazônia, Brasil, ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1737-6947. 

Downloads

Publicado

2023-09-08

Como Citar

Canelas, E. T. C., Farias, J. L. dos S., Dax, M. E. da S., Abrantes, G. F., Quemel, G. K. C., & Rivera, J. G. B. (2023). IMPLEMENTAÇÃO FARMACOTERAPÊUTICA DO USO DA LIRAGLUTIDA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 9(8), 798–808. https://doi.org/10.51891/rease.v9i8.10869

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.