ATUALIZAÇÃO NA ABORDAGEM TERAPÊUTICA DA DOENÇA HEPÁTICA GORDUROSA NÃO ALCOÓLICA: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Karine Vieira da Rocha Hospital Universitário de Vassouras
  • João Victor de Moraes Bueno Hospital Universitário de Vassouras
  • Pedro Henrique Gonçalves Neves Hospital Universitário de Vassouras
  • Pedro Paulo Augusto Carvalho de Almeida Hospital Universitário de Vassouras
  • Ana Carolina de Moraes Bueno Hospital Universitário de Vassouras
  • Milena Dias Cabral Hospital Universitário de Vassouras
  • Gabriel Marini Gomes Universidade de Vassouras
  • Karen Cristina de Paula Batista Vogas Hospital Universitário de Vassouras

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v9i8.10795

Palavras-chave:

Esteato-Hepatite. Doença Hepática Gordurosa Não Alcoólica. Terapia Medicamentosa.

Resumo

Esta revisão sistemática tem como objetivo discutir e comparar, a atualização terapêutica medicamentosa da Doença Hepática Gordurosa Não Alcoólica (DHGNA) e avaliar seus benefícios quando comparada às diretrizes de tratamento vigentes. A parte metodológica é formada pela Library Cochrane, a National Library of Medicine, a Biblioteca Virtual de Saúde e o Directory of Open Access Journals que foram as bases de dados usadas para formar o compilado bibliográfico dessa revisão de literatura. Os descritores utilizados foram “steatohepatitis”, “nonalcoholic fatty liver disease” e “drug therapy”. Os critérios de inclusão foram artigos de ensaios clínicos, randomizados ou não randomizados, estudos de caso-controle, estudo de coorte, livre acesso, publicados em inglês, português, espanhol e no intervalo de 2017 a 2022. Dos 13 artigos abordados, três artigos abordaram a Empagliflozina,2 artigos abordaram a Semaglutida e a Tofogliflozina, sendo ela associada a Glimepirida e a Pioglitazona. Já 1 artigo relata a Liraglutida, Canagliflozina, Sitagliptina, Pemafibrato e as associações de Dapagliflozina+Saxagliptina e Ezetimiba+Rosuvastatina. Desta  forma, os três medicamentos que são a empagliflozina, semaglutida e tofogliflozina, juntamente com os medicamentos glimepirida e pioglitazona, são listados como os principais tratamentos para DHGNA, com a idade média dos participantes do estudo sendo de 45 anos.

Biografia do Autor

Karine Vieira da Rocha, Hospital Universitário de Vassouras

Médica Residente em Clínica Médica no Hospital Universitário de Vassouras, Vassouras, RJ, Brasil.

João Victor de Moraes Bueno, Hospital Universitário de Vassouras

Médico Residente em Clínica Médica no Hospital Universitário de Vassouras, Vassouras, RJ, Brasil.

Pedro Henrique Gonçalves Neves, Hospital Universitário de Vassouras

Médico Residente em Clínica Médica no Hospital Universitário de Vassouras, Vassouras, RJ, Brasil.

Pedro Paulo Augusto Carvalho de Almeida, Hospital Universitário de Vassouras

Médico Residente em Clínica Médica no Hospital Universitário de Vassouras, Vassouras, RJ, Brasil.

Ana Carolina de Moraes Bueno, Hospital Universitário de Vassouras

Médica Residente em Terapia Intensiva no Hospital Universitário de Vassouras, Vassouras, RJ, Brasil.

Milena Dias Cabral, Hospital Universitário de Vassouras

Médica especialista em Clínica Médica pelo Hospital Universitário de Vassouras, Vassouras, RJ, Brasil.

Gabriel Marini Gomes, Universidade de Vassouras

Médico generalista graduado pela Universidade de Vassouras, Vassouras, RJ, Brasil.

Karen Cristina de Paula Batista Vogas, Hospital Universitário de Vassouras

Médica especialista em Clínica Médica e em Gastroenterologia. Preceptora da Residência de Clínica Médica no Hospital Universitário de Vassouras, Vassouras, RJ, Brasil.

Downloads

Publicado

2023-08-31

Como Citar

Rocha, K. V. da, Bueno, J. V. de M., Neves, P. H. G., Almeida, P. P. A. C. de, Bueno, A. C. de M., Cabral, M. D., Gomes, G. M., & Vogas, K. C. de P. B. (2023). ATUALIZAÇÃO NA ABORDAGEM TERAPÊUTICA DA DOENÇA HEPÁTICA GORDUROSA NÃO ALCOÓLICA: UMA REVISÃO DE LITERATURA. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 9(8), 164–183. https://doi.org/10.51891/rease.v9i8.10795

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)