A MÚSICA NO JARDIM DE INFÂNCIA E NA CRECHE COMO ELEMENTO DE APROXIMAÇÃO INTERGERACIONAL

Autores

  • Marcela Catarina Vieira Silva Universidade do Minho
  • António José Pacheco Ribeiro Universidade do Minho

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v9i4.9231

Palavras-chave:

Música e Gerações. Intergeracionalidade. Educação de Infância

Resumo

O projeto A Música no Jardim de Infância e na Creche como Elemento de Aproximação Intergeracional foi desenvolvido no âmbito de Creche e Jardim de Infância e integrado no ciclo de estudos do Mestrado em Educação Pré-Escolar do Instituto de Educação da Universidade do Minho. Este trabalho surgiu do interesse das crianças pela música e pelo facto da instituição onde foi realizado o estágio pedagógico possuir uma valência de Centro de Dia com a qual se faziam atividades conjuntas. Neste sentido, pretendi que fossem desenvolvidas relações entre crianças e idosos utilizando a música como elemento de aproximação. Os objetivos foram os seguintes: (i) avaliar o papel da música nas relações intergeracionais; (ii) aproximar crianças e idosos através da música, detetando pontos de interesse comuns; (iii) promover a convivência intergeracional e a interação entre crianças e idosos; (iv) estimular a partilha entre grupos intergeracionais; e, (v) sensibilizar as crianças para a música. No que concerne à metodologia de investigação, foi utilizada a Investigação-Ação tendo como instrumentos de recolha de dados a observação, o registo fotográfico e vídeo e a entrevista. Quanto aos resultados obtidos, foi possível aproximar crianças e idosos, ambos os grupos ficaram a conhecer um pouco mais da sua cultura. Confirmou-se, ainda, existirem pontos de interesse comuns proporcionados através da música, tais como o gosto de ouvir música, cantar e dançar, assim como a partilha de momentos de diversão. Durante o projeto, ambos os grupos intergeracionais mostraram-se participativos, entusiasmados, motivados e envolvidos nas diferentes atividades, demonstrando interesse na proposta de trabalho. A música possibilitou, assim, o despertar de novas relações imbuídas de afetos, sentimentos e carinhos, promovendo a socialização entre os grupos.

Biografia do Autor

Marcela Catarina Vieira Silva, Universidade do Minho

Mestre em Educação Pré-Escolar, pelo Instituto de Educação da Universidade do Minho. Licenciada em Educação Básica pela Universidade do Minho.

António José Pacheco Ribeiro, Universidade do Minho

Mestre em Estudos da Criança – Especialização em Educação Musical pela Universidade do Minho. Licenciado em Ensino de Música pela Universidade de Évora e Doutorou-se na Especialidade de Educação Musical, em Estudos da Criança, na Universidade do Minho. Leciona no Conservatório do Vale do Sousa, Lousada, e no Instituto de Educação da Universidade do Minho. É membro integrado do Centro de Investigação em Estudos da Criança (CIEC). https://orcid.org/0000-0003-3413-8473.

 

Downloads

Publicado

2023-04-29

Como Citar

Silva, M. C. V., & Ribeiro, A. J. P. (2023). A MÚSICA NO JARDIM DE INFÂNCIA E NA CRECHE COMO ELEMENTO DE APROXIMAÇÃO INTERGERACIONAL. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 9(4), 466–483. https://doi.org/10.51891/rease.v9i4.9231

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.