CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DOS PRINCIPAIS BLOCOS CERÂMICOS E AGREGADOS MIÚDOS COMERCIALIZADOS NA RIDE PETROLINA – JUAZEIRO

Autores

  • Neiton Silva Machado Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Patrícia de Araújo Souza Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Clériton de Souza Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Deisiele Diniz Lima Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Kátia Araujo da Silva Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Cristiane Xavier Galhardo Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Marcos Sales Rodrigues Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Fábio Freire de Oliveira Instituto Federal do Sertão Pernambucano

DOI:

https://doi.org/10.51891/rease.v9i2.8617

Palavras-chave:

Eflorescência. Salinidade. Areia. Tijolo.

Resumo

A degradação das alvenarias é provocada por numerosas causas, sendo estas derivadas de processo patológico com agentes ativos e/ou passivos. Dentre estas, o depósito de sais solúveis nas superfícies das estruturas, denominados eflorescência, é um problema grave nas edificações da Região Integrada de Desenvolvimento Econômico de Petrolina, PE e Juazeiro, BA. Diante do exposto, objetivou-se com este trabalho avaliar as características físicas, físico-químicas e químicas dos principais blocos cerâmicos e agregados miúdos comercializados nesta região. O experimento foi em delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e seis repetições para os blocos cerâmicos e com nove tratamentos e seis repetições para os agregados miúdos. Com os resultados deste trabalho foi possível a identificação dos materiais de construção com maior potencialidade para formação da eflorescência nas alvenarias de vedação e estrutural. Além disso, a determinação das características físicas dos agregados miúdos possibilitará aos profissionais da região acesso a informações mais precisas para correta dosagem racional de argamassas e concretos, pois o módulo de finura e massa específica são parâmetros importantes nesse caso.

Biografia do Autor

Neiton Silva Machado, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Doutor em Engenharia Agrícola e professor da Universidade Federal do Vale do São Francisco – Campus Ciências Agrárias. Petrolina – Pernambuco – Brasil.

Patrícia de Araújo Souza, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Mestre em agronomia/produção vegetal pela Universidade Federal do Vale do São Francisco – Campus Ciências Agrárias. Petrolina – Pernambuco.

Clériton de Souza, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Engenheiro agrônomo pela Universidade Federal do Vale do São Francisco – Campus Ciências Agrárias. Petrolina – Pernambuco.

Deisiele Diniz Lima, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Engenheira agrônoma pela Universidade Federal do Vale do São Francisco – Campus Ciências Agrárias. Petrolina – Pernambuco.

Kátia Araujo da Silva, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Mestre em agronomia/produção vegetal pela Universidade Federal do Vale do São Francisco – Campus Ciências Agrárias. Petrolina – Pernambuco.

Cristiane Xavier Galhardo, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Doutora em Ciências e professora da Universidade Federal do Vale do São Francisco – Campus Ciências Agrárias. Petrolina – Pernambuco – Brasil.  

Marcos Sales Rodrigues, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Doutor em produção vegetal e professor da Universidade Federal do Vale do São Francisco – Campus Ciências Agrárias. Petrolina – Pernambuco – Brasil.

Fábio Freire de Oliveira, Instituto Federal do Sertão Pernambucano

Doutor em técnicas energéticas e nucleares e professor do Instituto Federal do Sertão Pernambucano – Campus Zona Rural. Petrolina – Pernambuco – Brasil. 

Downloads

Publicado

2023-02-28

Como Citar

Machado, N. S. ., Souza, P. de A. ., Souza, C. de ., Lima, D. D. ., Silva, K. A. da ., Galhardo, C. X. ., … Oliveira, F. F. de . (2023). CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DOS PRINCIPAIS BLOCOS CERÂMICOS E AGREGADOS MIÚDOS COMERCIALIZADOS NA RIDE PETROLINA – JUAZEIRO. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 9(2), 1212–1235. https://doi.org/10.51891/rease.v9i2.8617

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.