AUTISMO INFANTIL: POSSIBILIDADES DE UMA EDUCAÇÃO INCLUSIVA ATRAVÉS DA PSICOPEDAGOGIA

doi.org/10.29327/4429366

Autores

  • Isete da Silva Sousa Universidade Federal do Amapá

Palavras-chave:

Autismo. Inclusão. Psicopedagogia.

Resumo

Esta pesquisa tem por objetivo discutir a inclusão escolar de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e o papel do psicopedagogo diante desse processo, além disso busca elencar algumas estratégias que propiciem o desenvolvimento escolar de crianças com autismo. A metodologia escolhida para a elaboração dessa pesquisa foi a bibliográfica, através do método qualitativo. Durante a pesquisa confirmou-se a importância da prática psicopedagógica, não só para o processo de inclusão escolar, como para oportunizar ao aluno com TEA o desenvolvimento socioafetivo, psicomotor e cognitivo. A base teórica confirmou a necessidade de consolidar ainda mais legislações, diretrizes e ações para fortalecer a construção da inclusão escolar. Como suporte na garantia da inclusão da criança com TEA, o trabalho psicopedagógico mostrou-se eficaz e, mais que isso, necessário, pois é um trabalho que ultrapassa os muros da escola, já que, além dar suporte pedagógico ao professor titular da turma, também orienta as famílias do educando, para que possam contribuir com o processo de aprendizagem mais efetiva. Esse estudo traz não somente conceitos de inclusão ou do próprio autismo, mas propõe um novo pensar da sociedade e escola no que diz respeito as práticas pedagógicas de inclusão da criança com TEA.

 

Biografia do Autor

Isete da Silva Sousa, Universidade Federal do Amapá

Licenciatura Plena em Letras – UNIFAP. Com habilitação em Língua Portuguesa, Francesa e suas respectivas literaturas. Pós-graduada em metodologia do ensino de língua portuguesa e estrangeira. Pós-graduanda em Psicopedagogia Clínica e Institucional. E-mail: isete.luty@gmail.com.

Downloads

Publicado

27/01/2021

Como Citar

Sousa, I. da S. . (2021). AUTISMO INFANTIL: POSSIBILIDADES DE UMA EDUCAÇÃO INCLUSIVA ATRAVÉS DA PSICOPEDAGOGIA: doi.org/10.29327/4429366. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 6(12), 12. Recuperado de https://periodicorease.pro.br/rease/article/view/517