ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR PELO CORPO DE BOMBEIROS DO ESTADO DO PARANÁ E A RELAÇÃO DA ATIVIDADE PARA O DESENVOLVIMENTO DO ESTRESSE OCUPACIONAL

doi.org/10.29327/217514.7.1-9

Autores

  • Thiago Haynner Volovicz Universidade Filadélfia Londrina - UNIFIL

Palavras-chave:

Atendimento Pré-hospitalar. Bombeiros.  Estresse Ocupacional. Polícia Militar.

Resumo

Um trabalho que envolve uma variedade complexa de conhecimentos, responsabilidades técnicas e acionamentos de outros órgãos, aliados a condições adversas como riscos físicos, biológicos, climáticos, dentre outros. Frente a situações de aquartelamentos e vigília que se dá por período de 24 horas contínuos dessa atividade sem interrupção da mesma equipe. Em 2005 foi alterada a Lei de Organização Básica (LOB) da Polícia Militar e o SIATE passou a constar oficialmente da estrutura do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Paraná. Sendo este feito prestado de extrema responsabilidade e importância aos necessitados. A metodologia adotada no presente trabalho trata-se de uma pesquisa bibliográfica de caráter retrospectivo, abordando publicações entre 2009 a 2019 (10 anos), publicações na língua portuguesa, com busca manual em livros e revistas, foram pesquisados artigos disponíveis na Internet encontrados por meio das bases de dados: BIREME, SCIELO, ADOLEC e BDENF. Os profissionais do atendimento pré-hospitalar convivem com os mais diversos agravos à saúde, envolvendo dor, sofrimento, instabilidade, morte e vida, contribuindo para a ocorrência de ansiedade, tensão, por tempo prolongado de estímulos. Os profissionais do atendimento pré-hospitalar estão no ápice das escalas para desenvolvimento de quadros depressivos e síndromes de transtornos mentais. Diretamente, o estresse ocupacional tem correlação com o aumento dos níveis de depressão, ansiedade, crise de pânico e síndrome de Burnout. Levando assim, muitas das vezes, consequências negativas para a qualidade de vida do profissional Bombeiro Militar. Visto escassez, carência de artigos relacionados e olhares profissionais para com saúde mental desses trabalhadores, o presente estudo tem como objetivo auxiliar os gestores desses profissionais futuramente a buscar didáticas, políticas de trabalho à prevenção, identificação dos potenciais de risco e trabalhos de como manter salubridade no quesito de saúde.

 

Biografia do Autor

Thiago Haynner Volovicz, Universidade Filadélfia Londrina - UNIFIL

Graduado em Enfermagem - Universidade Filadélfia Londrina - UNIFIL. Pós-Graduado em Urgência e Emergência – Faculdade em Venda Nova do Imigrante - FAVENI. Técnico em Enfermagem - Instituto de Ensino Superior de Londrina-INESUL. Londrina, PR, Brasil. E-mail: goathi1401@gmail.com.

Downloads

Publicado

30/01/2021

Como Citar

Volovicz, T. H. . (2021). ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR PELO CORPO DE BOMBEIROS DO ESTADO DO PARANÁ E A RELAÇÃO DA ATIVIDADE PARA O DESENVOLVIMENTO DO ESTRESSE OCUPACIONAL: doi.org/10.29327/217514.7.1-9. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação, 7(1), 12. Recuperado de http://periodicorease.pro.br/rease/article/view/435